Negócios, Pessoas

O teatro das visitas internacionais

Home / Blog / O teatro das visitas internacionais
data Publicado dia 03/04/2021 hora 09h00
Áudio descritivo
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

 

ALEX (CEO): Boa noite a todos!

Agradeço a todos o esforço por terem assinado o NDA urgente e terem se conectado em uma sexta-feira à noite, mas o pessoal da Leech Investment antecipou a reunião para a próxima semana, portanto vou precisar de um esforço de vocês.

Teremos que trabalhar no final de semana para preparar tudo.

Claudio (CHRO), preciso que você envie um comunicado a todo mundo que é preciso limpar as mesas e deixar tudo ordenado.

A reunião é na quinta, portanto, quero que o pessoal da limpeza deixe tudo perfeito entre terça e quarta.

Pede para o pessoal de facilities revisar se está tudo funcionando, se tem lâmpada queimada etc, para mostrar que nos preocupamos com o ambiente de trabalho.

Santos (CSO), no final do dia quero organizar um jantar com 3 clientes importantes. Precisam falar inglês e, principalmente, ser amigos. Tem que ser clientes satisfeitos e que falem bem da gente.

Vamos apresentar o pessoal como um parceiro sem abrir qual é o projeto. Quero que eles vejam que temos a capacidade de mobilizar presidentes de empresas grandes, e que essas pessoas também deem uma visão positiva do mercado brasileiro.

Garanta que esse pessoal fale bem gente e da economia.

SANTOS (CSO): Alex, eu não tenho como garantir isso. Se fosse o nosso interlocutor habitual, eu até poderia pedir, mas para o presidente da empresa… Não temos essa abertura.

ALEX (CEO): Então dá uma olhada nas redes sociais e nas últimas entrevistas e escolhe em função do “discurso”.

Fábio (CFO), preciso dos números atualizados amanhã. Quero uma relação dos indicadores nos quais estamos bem, porque estes irão primeiro e em negrito na apresentação. Os que não estivermos bem, colocamos bem pequeno, ou até, se possível nem incluímos. Se tiver algum indicador ruim que seja obrigatório, quero 3 argumentos para justificá-lo e iniciativas para corrigi-lo. Inclusive, acho importante colocar 1 ou 2 indicadores que não estão indo tão bem para não parecer tudo muito perfeito.

Pessoal, como mensagem geral: Não quero nada falso, todos os dados reais e as informações precisam ser reais. Somos uma empresa séria, mas também somos inteligentes. Vamos mostrar o quê e como nos interessa. Este projeto é muito importante para nós e, por isso, temos que impressionar os gringos.

Felipe (CMO), você vai ficar com uma parte pesada do trabalho.

Pelo NDA, você é que terá que consolidar a apresentação para os investidores. Quero um template bem bonito.

Inicialmente, eu havia pensado em fazer a reunião no hotel, mas, acho bom que eles vejam a empresa.

Por isso, quero que você faça alguns cartazes e adesivos simpáticos, com palavras ou frases motivacionais e os coloquem pelo escritório, para mostrar que o ambiente é moderno.

Na terça pela manhã, quero fazer uma revisão com todos da apresentação já consolidada.

Nessa reunião, após revisar e validar o conteúdo, vamos decidir quem deve apresentar cada parte.

Assim mostramos que somos uma equipe, um bloco coeso.

Santos (CSO), estava me esquecendo, segunda, na sua reunião de vendas, eu quero que você revise a pipeline ‘oportunidade por oportunidade’. O seu pessoal fez o que nós pedimos há três meses?

SANTOS (CSO): Fizeram sim, e na segunda eu reviso tudo.

ALEX (CEO): Ótimo! José, aproveitando, quero que você participe da reunião do Santos na segunda.

É importante você ver a parte comercial da empresa, de onde vem nosso dinheiro.

Pessoal, eu estarei disponível durante todo o final de semana. Se não me localizarem, liguem pro José e ele me acha.

Valeu time! Vamos trabalhar!!!

Essa é a reunião mais importante das nossas vidas.

 

Na manhã seguinte, durante a caminhada…

JOSÉ: Seu Alex, posso fazer uma pergunta?

ALEX (CEO): Claro! Diga.

JOSÉ: Por que essa reunião com o gringo é tão importante?

ALEX (CEO): Eu quero ampliar o meu negócio, precisamos crescer rápido e quero comprar três empresas em um ano. Minha organização não tem os recursos para estas aquisições e esta empresa de fora, que é um fundo de investimento, pode colocar o dinheiro e virar meu sócio.

JOSÉ: Entendi. E eles vêm para conhecer a empresa?

ALEX (CEO): Não, estamos conversando com esta operação há mais de um ano, buscando e avaliando companhias no mercado. Com o fundo estamos conversando há pouco mais de 6 meses. Eles vêm para a última apresentação e, se gostarem, vão fechar o negócio.

JOSÉ: Então, se eles fecharem o trato com o senhor, eles serão sócios da empresa?

ALEX (CEO): Sim e não. Eles terão participação, mas eu terei o controle acionário. Além de ter a maior parte das ações, continuo como CEO e vou ser presidente do conselho.

JOSÉ: Não sei muito bem o que significa isso, mas o senhor lembra quando a gente foi almoçá e o senhor falou que não gostava de redes sociais?

ALEX (CEO): Não me lembro exatamente o dia, mas é verdade. Não gosto mesmo, é tudo de mentira.

JOSÉ: Então, aí mesmo que eu queria chegar. Ontem na reunião, o senhor deu ordem para todo mundo organizar a reunião com os gringo.

Pediu para eles fazerem um monte de coisas que não fazem normalmente, pediu para apresentarem uma empresa que não é a empresa do senhor.

Isso também não é um teatro? Não é falso?

ALEX (CEO): Imagina! Não tem nada a ver. Eu não pedi para mentirem nos números, até falei explicitamente que não queria nenhuma mentira.

JOSÉ: O pai pintava a cerca quando estava feio. Arrumava a porteira quando quebrava, tratava outras coisas para manter tudo em ordem e evitar que elas quebrassem. Limpava a casa do senhor toda semana.

Por exemplo, ele fazia isso o ano inteiro, porque era o certo, não só quando o senhor ia pro sítio.

ALEX (CEO): Mas nos negócios, as aparências são importantes. O jogo cênico nas negociações é fundamental.

Um dia você vai aprender.

JOSÉ: Brigado Seu Alex, mas eu não quero aprender isso não.

La na roça, as pessoa que vivem de aparência não são bem vista não senhor.

Tinha uma família que gostava de viver de aparência, que era muito falada.

Eles compravam o que não precisavam, com um dinheiro que eles não tinham, para mostrar para quem não importava.

Frase extraída do livro “Aprenda a criar riqueza sem gerar miséria com a Tecno-Humanização”

ALEX (CEO): Você está confundindo vida pessoal com mundo corporativo.

JOSÉ: Tô não Seu Alex, a gente é um só. Se somos verdadeiros e transparente, temos que ser dentro e fora da empresa, porque quem é falso, com certeza é dentro e fora. E a forma do senhor combater os fingido da empresa é sendo verdadeiro.

ALEX (CEO): Era só o que faltava. Me chamou de falso e agora fala que na minha empresa tem gente hipócrita.

A minha equipe é fiel e leal, estamos juntos há muito tempo e não tem ninguém falso.

 

José usou um tom mais ríspido.

JOSÉ: Desculpa Seu Alex, não quis ofender ninguém. Não tá mais aqui quem falou…

 

Imagens: BE&SK

POSTS RECENTES

data Publicado dia 08/05/2021 hora 09h00
Orçamento, me engana que eu gosto

  ALEX (CEO): Pessoal, agora vamos iniciar a reunião mais importante do ano…

data Publicado dia 01/05/2021 hora 09h00
Fazer o que precisa vs. fazer o que é certo

  EDUARDO (CIO): Bom dia a todos! Hoje temos um convidado especial em nossa…

data Publicado dia 24/04/2021 hora 09h00
Cada um é responsável por todos

    CLÁUDIO (CHRO): Boa tarde a todos! Tenho o resultado da pesquisa d…

data Publicado dia 17/04/2021 hora 09h00
Crescimento inorgânico é para crescer a empresa ou o ego?

    ALEX (CEO): Bom dia, pessoal! Tudo bem? Eu marquei esta reunião pa…

data Publicado dia 10/04/2021 hora 09h00
Diga-me como me medes e te direi como me comportarei

  SANTOS (CSO): Fala pessoal! Tudo bem? Hoje o José vai participar da reuni…

data Publicado dia 27/03/2021 hora 09h00
Sentido de urgência ou de pressa?

  JOSÉ: Bom dia, Seu Alex! Só queria avisar o senhor que eu já recebi aquel…

PODCAST
VÍDEOS