A fabricante sueca de carros premium foi fundada em 1927 pelo engenheiro Gustav Larson e pelo economista Assar Gabrielsson, na cidade de Gotemburgo e, desde a sua fundação, tem as pessoas em primeiro lugar e no centro da marca.

A inovação sempre parte do DNA da empresa e suas inovações mudaram o mundo desde que o primeiro Volvo saiu da linha de produção. O cinto de segurança moderno, o sistema de proteção contra impactos laterais, o sistema de detecção de pedestres.

Hoje, a Volvo Cars é uma das marcas de carros premium mais conhecidas e respeitadas, preparando-se para um novo futuro que será totalmente elétrico, autônomo e conectado.

A metodologia da Tecno-Humanização entrega às empresas modelos e ferramentas para que elas possam inovar com propósito, e através de um processo de transformação digital humanizada, possam entregar resultados extraordinários construindo um mundo melhor.

Ao ser a Volvo uma empresa tão consciente e ter, de forma genuína, em seu DNA a inovação com propósito, quando iniciamos nossa conversa, pensamos que seria difícil encontrar um desafio.

Em nossas conversas iniciais, focamos em como melhorar o que a Volvo já faz. Como o grau de excelência é alto foi difícil encontrar, e mudamos o foco.

De acordo com a Tecno-Humanização, em um processo de transformação digital que estamos vivendo, os grandes riscos e as grandes oportunidades não estão na tecnologia em si e sim em seu impacto.

Para medi-lo a BE&SK criou o Modelo de Análise de Impacto da Tecnologia.

A BE&SK e a Volvo realizaram um exercício juntas, aplicando a ferramenta e identificaram e a Volvo, mesmo sendo uma empresa extremamente consciente, identificou um ponto que considera explorar.
Facebook
WhatsApp
LinkedIn